Existe uma maneira de obter energia gratuita?

Autor: 
Jessica Toothman

Conservar energia está na moda e as pessoas estão procurando maneiras de reduzir o uso de energia - e suas contas de eletricidade. Ao mesmo tempo, os engenheiros estão procurando maneiras de otimizar o uso de formas alternativas ou renováveis de energia. Ainda há outros que querem construir máquinas capazes de criar energia do nada. Ou, para começar, ao menos extrair mais energia do que o volume de energia necessário para acionar as máquinas envolvidas.

Gas Prices

David McNew/Getty Images
Os motoristas de Los Angeles viram os preços da gasolina se aproximar de US$ 1,30 por litro, em junho de 2008. Eles também viram a inauguração da primeira bomba de hidrogênio combustível, em um posto local da Shell.

Será que isso é possível? Primeiro, precisamos esclarecer o que significa obter energia gratuita. Para algumas pessoas, energia gratuita significa inventos como máquinas de movimento perpétuo ou outros sistemas que propiciam ganho líquido de energia. Se você ouvir referência a algo desse tipo, mantenha-se atento, pois ninguém está nem perto de resolver esses problemas.

Isso acontece porque as leis da termodinâmica não são do tipo que se pode discutir em tribunal. Em geral, elas são inflexíveis no que tange à idéia de encontrar maneiras de criar movimento perpétuo ou mesmo um sistema que propicie mais energia do que aquela que utiliza para operar. Especificamente, a energia não pode ser criada ou destruída, mas sim apenas convertida ou transferida.

Tomando esse dado como base, um sistema isolado de energia só pode decrescer, experimentando perda de energia por entropia. Entropia é um estado de crescente desorganização, como o de parar na contramão de uma rua movimentada quando seu carro está lentamente esgotando a gasolina. Os níveis totais de energia caem porque algum calor é perdido ao ser convertido em trabalho. Em outras palavras, algo pode funcionar isoladamente por algum tempo, mas nada poderia fazê-lo para sempre.

Um candidato?

A máquina Perepiteia vem sendo apresentada como uma possível máquina de movimento perpétuo ou gerador de supra-unidade, ainda que os céticos recusem aceitar as alegações. O sistema parece criar um ciclo positivo de retroalimentação que faz com que ela opere cada vez mais rápido. A máquina funciona com um motor que faz girar alguns ímãs e carrega uma bobina com energia elétrica, gerando um campo eletromagnético. Aumentar a corrente deveria desacelerar o gerador, mas, em vez disso, seu inventor diz que o rotor e o eixo do sistema estão conduzindo a fricção magnética de volta ao motor, e de alguma forma o aceleram [fonte: Lindemann, Zyga (em inglês)].

Assim, será que precisamos abandonar a idéia de conseguir energia de graça? Há outras maneiras de deixar de pagar as contas de eletricidade? Leia adiante para descobrir.

Teste seus conhecimentos sobre:

Energia solar